Boas práticas, Boas viagens

A Transportes de Lisboa (TdL), marca que reúne as empresas Carris, Metropolitano de Lisboa e Grupo Transtejo, tem por missão dinamizar e garantir uma cadeia de mobilidade inteligente, competitiva e sustentável na área metropolitana de Lisboa.
A Semana Europeia da Mobilidade, que decorre de 16 a 22 de setembro, representa um momento de comunicação por excelência para a Transportes de Lisboa, constituindo uma boa oportunidade para lançar uma nova campanha sobre boas práticas de utilização do serviço de transporte público, nos seus diferentes modos – autocarro, elétrico, metro e navio.
Sob o lema “Boas práticas, boas viagens”, esta nova campanha pretende realçar comportamentos e atitudes que contribuem

para o bom funcionamento dos serviços e dos equipamentos e que,garantem, quer uma adequada oferta aos clientes quer a sustentabilidade, a médio e longo prazo, do sistema de transportes.
Acreditamos, assim, que a atitude e o comportamento diários de todos nós se relacionam directamente com a eficiência e a eficácia do serviço prestado pela Transportes de Lisboa.
Por isso, a campanha “Boas práticas, boas viagens” irá apresentar, ao longo dos próximos meses, diversos temas que retratam vários momentos e situações que vivemos no nosso do dia-a-dia, em todos e em cada um dos modos de transporte.

Ao falar alto ao telemóvel está a expor publicamente a sua vida e os seus assuntos.
Para além disso, incomoda as pessoas que partilham a viagem consigo.
Evite falar alto ao telemóvel, bem como usar a função de alta voz.
Preserve a sua privacidade e contribua para um ambiente de viagem mais harmonioso.

Na Transportes de Lisboa a prioridade de passagem é sempre de quem desembarca.
Evite criar obstáculos a quem está a sair.
Ao entrar num comboio, autocarro ou eléctrico dê sempre prioridade, e espaço, a quem está a sair.
Evite posicionar-se frente às portas dos veículos, bem como criar um “funil” de passagem.
Este simples gesto garante desembarques e embarques mais rápidos e seguros para todos.

Para abrir as portas e canais de acesso basta utilizar corretamente o título de viagem.
Respeite a abertura e fecho destes equipamentos, pois forçá-los ou transpô-los só atrasa a viagem, a sua e a dos outros.
A utilização adequada dos equipamentos garante um rápido embarque e um fácil desembarque.

A utilização inadequada e os atos de vandalismo tornam os equipamentos inoperacionais.
Um menor número de equipamentos cria filas, aumenta o tempo de espera e gera atrasos na viagem.
A correta utilização dos equipamentos em estações, terminais e veículos, garante um rápido embarque e uma boa viagem

BOAS PRÁTICAS, BOAS VIAGENS

Compre e valide sempre o seu título de transporte

A validação contribui para o bom funcionamento dos Transportes Públicos! 

A validação assume uma importância fundamental no funcionamento de todo o sistema de mobilidade.

Uma viagem não validade é uma viagem não contabilizada. Como consequência, o número de viagens registadas é inferior ao número de viagens efetivamente realizadas.
Uma vez que a oferta de transporte é adequada à procura registada (validações), a não validação resulta na diminuição da oferta ou, no limite, na sua supressão.

Existem, também, as consequências sociais da prática da fraude, tais como a insegurança e o vandalismo que afetam, direta e negativamente, a percepção do serviço e a imagem dos modos e operadores de transporte, afastando os atuais e potenciais utilizadores.
A compra e validação de cada título de transporte têm de ser encaradas, por todos nós, como essenciais a uma boa viagem, agora e no futuro.